Política
MUDANÇA
Heráclito Fortes pede desfiliação do PSB e confirma retorno ao Democratas
11/12/2017 por Redação
Já a assessoria nacional do PSB informou, na tarde desta segunda-feira, que recebeu a solicitação do deputado, mas ainda não entregou a carta de desfiliação.
Tamanho da fonte A A
<

Heráclito Fortes (Foto: Google)

O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) solicitou, ainda na semana passada, carta de desfiliação do partido. O parlamentar prepara seu retorno ao Democratas e pretende começar 2018 na nova sigla. 

A informação surgiu por acaso em entrevista do deputado federal Rodrigo Martins (PSB-PI) na Rádio Cidade Verde, nesta segunda-feira (11). Havia certeza de que a saída de Fortes era apenas questão de tempo. Faltava o pedido formal de desfiliação. 

A assessoria de Heráclito Fortes confirmou ao Cidadeverde.com que o pedido de desfiliação por justa causa foi feito na quarta-feira (6) e já aceito pelo PSB. Com isso, o deputado pode sair do partido sem perder o mandato. 

Ronney Lustosa, presidente do diretório do Democratas no Piauí, disse ao Cidadeverde.com que a desfiliação de Heráclito Fortes já foi entregue ao diretório municipal do PSB. O DEM apenas estuda a melhor data para reunir lideranças e promover um ato de filiação do deputado. 

"Eu acho natural (o retorno de Heráclito Fortes). Acho que ele não deveria ter nem saído. Ele foi em um momento que o PSB tinha um projeto maior, fazia um movimento de esqurda para o Centro. E com a morte de Eduardo Campos esse projeto morreu e o partido teve um retrocesso", disse Lustosa. "O DEM é um partido que se moderniza, que se mantém coeso".

Já a assessoria nacional do PSB informou ao Cidadeverde.com, na tarde desta segunda-feira, que recebeu a solicitação do deputado, mas ainda não entregou a carta de desfiliação. 

Insatisfação
Heráclito Fortes permaneceu aliado do presidente Michel Temer (PMDB) após o PSB, ainda em maio, tomar decisão de não fazer parte da base de apoio ao governo do pmdebista.

Em novembro, Fortes já sinalizava mudança de sigla. Em entrevista à TV Cidade Verde, o deputado disse ter "dificuldade de permanecer no partido que adota de repente uma linha radical, que não tem mais razão de ser. (...) Não tem espaço para mim." 

No início deste mês, Heráclito Fortes declarou que estava com conversas adiantadas com o Democratas, mas ainda não havia nada definido. 

Outros dois deputados federais do PSB do Piauí também devem deixar a sigla. Átila Lira é outro nome que apoia o presidente Temer e está insatisfeito com o partido. Rodrigo Martins, mesmo na oposição, também discorda dos rumos tomados pelos socialistas e estuda convites para mudar de legenda. 

Fonte: Cidade Verde

© 2017. | Manchete Piaui | Todos os direitos reservados.
Rua Monsenhor Hipólito, Nº 870, Sala 302, Centro, Picos – PI.
Celular / WhatsApp: (89) 9 9909-8954 - Email: manchetepiaui@gmail.com
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade do Manchete Piaui.
Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria
e são de inteira responsabilidade de seus autores.