Polícia
BARBARIDADE
Pai é preso por manter filha acorrentada no interior do Piauí
27/11/2017 por Redação
O pai alegou que manteve a filha em cárcere privado com o intuito de impedir que ela fugisse da residência.
Tamanho da fonte A A
<

Foi encontrada com ele uma espingarda calibre 28 (Foto: Google)

Policiais da Força Tática do 20º Batalhão da Polícia Militar conduziram para a delegacia de Paulistana um homem identificado como José Luís da Silva, de 58 anos, por manter em cárcere privado a filha identificada como Gisela de Carvalho Silva, de 33 anos. A mulher foi libertada na tarde deste sábado (25), na localidade Angical na zona rural de Jacobina do Piauí.

De acordo com o major Felipe, da Polícia Militar de Paulistana, a ex-esposa do acusado informou aos policiais que José matinha a filha, que é portadora de necessidades especiais, em cárcere privado, em condições desumanas. Chegando ao local, a equipe da PM encontrou a vítima acorrentada pelo pé a um tambor de freio de caminhão que pesa, aproximadamente, 25kg. Além disso, Gisela aparentava estar em estado de higiene precária.

O pai alegou que manteve a filha em cárcere privado com o intuito de impedir que ela fugisse da residência. Foi encontrada com ele uma espingarda calibre 28 com seis cartuchos de metal carregados e dois deflagrados. O acusado, a vítima, testemunhas e todo o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia do município de Paulistana.

Fonte: GP1

© 2017. | Manchete Piaui | Todos os direitos reservados.
Rua Monsenhor Hipólito, Nº 870, Sala 302, Centro, Picos – PI.
Celular / WhatsApp: (89) 9 9909-8954 - Email: manchetepiaui@gmail.com
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade do Manchete Piaui.
Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria
e são de inteira responsabilidade de seus autores.