Esporte
ENCRENCADO
Ex-jogador de vôlei Giba tem prisão decretada pela Justiça
Ídolo do esporte nacional está em falta com o pagamento de pensão alimentícia
17/02/2018 por Redação
Tamanho da fonte A A

O advogado de Giba afirma não ter recebido nenhuma notificação (Foto: Google)
O ex-jogador de vôlei Giba teve prisão de 60 dias decretada por não pagamento de pensão alimentícia aos dois filhos que tem com a também ex-jogadora Cristina Pirv. A medida foi expedida no último dia 9 mas não executada pelo fato de o ex-capitão da seleção brasileira ter conseguido, nesta sexta-feira (16), uma liminar que suspende a ação até a realização de uma audiência em data ainda não definida.
 
Segundo portal Saída de Rede, o astro estaria com pensão atrasada em dez meses - ele vem tentando diminuir o valor e pagando apenas parte do montante estipulado pela Justiça.
 
O advogado de Giba afirma não ter recebido nenhuma notificação relativa ao pedido de prisão. Já o advogado de Cristina confirma a informação e diz que tentará derrubar a liminar, de modo que o ex-jogador seja preso assim que voltar ao Brasil - ele está na Coreia do Sul em trabalho relativo às Olimpíadas de Inverno.
 
Fonte: Notícias ao Minuto
© 2018. | Manchete Piaui | Todos os direitos reservados.
Rua Monsenhor Hipólito, Nº 870, Sala 302, Centro, Picos – PI.
Celular / WhatsApp: (89) 9 9909-8954 - Email: manchetepiaui@gmail.com
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade do Manchete Piaui.
Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria
e são de inteira responsabilidade de seus autores.